ptzh-CNen

  • Home
  • Formação
  • 2.º Curso de Caligrafia Chinesa | maio e junho de 2017

2.º Curso de Caligrafia Chinesa | maio e junho de 2017

Data: 6 de maio e 17 de junho de 2017

Horário: Sábados das 11h00 à 13h00

Local:Centro de Documentação da Fundação Casa de Macau – Praça do Príncipe Real, 25, 1º, Lisboa

As inscrições estão abertas até 6 de maio

Contactos para inscrição: +351 213 223 440 | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Custo: 15 € (inscrição) + 40 € (material incluído) – com desconto de 20% para os sócios, com as cotas em dia, da Casa de Macau e estudantes

 

Objetivos do Curso:

1) Após o primeiro curso, desenvolver as bases teóricas que possibilitam compreender e aprofundar os conhecimentos sobre os principais estilos caligráficos;

2) Familiarizar os estudantes com as diferentes práticas caligráficas;

 

Destinatários:Pessoas interessadas na arte e cultura chinesas. Não são necessários conhecimentos especializados.

 

ProfessorMestre Wang Zai Jun

 

Perfil Biográfico: É membro do Conselho da Associação de Caligrafia e Pintura de Yanhuang. É ainda Professor de Chinês Língua Estrangeira. Tem vindo a promover a língua e a cultura chinesas nos países onde tem ensinado, destacando as atividades letivas na Nova Zelândia, Sudão e Sérvia. Atualmente leciona no Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa. A obra caligráfica deste Mestre, espalhada pela Oceânia, África e Europa, é dirigida a um público multifacetado, nos quais se incluem chineses e chineses ultramarinos. Iniciou o estudo da caligrafia na infância. Estudou com o Mestre Lu Gong, depois começou a interpreter livremente. Os seus principais trabalhos são no estilo da Escrita Regular (kaishu楷书), mas também é excelente em Escrita Decorativa de temática arquitetónica (Bang Shu榜书) e Escrita do Cursivo Grande ( Dacao Shu大草书). Foi convidado a realizar uma obra poética e caligráfica em homenagem ao Presidente Xi Jinping e sua esposa aquando da visita do casal presidencial à Nova Zelândia em 2014.