ptzh-CNen

Documentário Macau 2012/13

 

O Observatório da China tem o prazer de se associar à divulgação de:

A RTP Memória transmitirá a série documental MACAU2012/13, nos dias 6, 7, 8 de Abril, às 14 horas. Esta série documental consiste numa abordagem multidisciplinar sobre a cidade do delta do rio das pérolas, a 10992 Km de Lisboa, onde o Ocidente e o Oriente se recriam e onde Portugal é ainda o primeiro factor de diferenciação e identidade da Cidade do Nome de Deus. A série conta com a consultoria científica do Instituto do Oriente.

São 3 documentários de natureza informativa de 30 minutos cada, e tem por temas a Identidade, a Economia e Relações Administrativas e, por fim, a Cultura e Arte de Macau.

Esta iniciativa mostra-se profundamente relevante na situação em que vivemos, opondo-se à crescente rejeição da China através de uma perspectiva que se mantém atual sobre o território de Macau e a sua especificidade no encontro Portugal - China.

Desta maneira, convidamos a todos a assistir os três episódios nas datas e horas supracitadas.

 

Mais informação em https://www.rtp.pt/programa/tv/p29771/e1

 

macau

VISÃO | Covid-19: Que países conseguiram contrariar a curva do coronavírus?

Fonte: Revista Visão

 

 

Os exemplos da China e da Coreia do Sul mostram que é possível conter o avanço do coronavírus. Veja os gráficos que demonstram a evolução do novo vírus em vários países

 

 

Oprimeiro objetivo das medidas de contenção do Covid-19 é “achatar a curva” da epidemia, reduzindo o número de novos casos. E alguns países já o conseguiram, o que dá renovadas esperanças ao resto do mundo. O New York Times publicou uma análise aos gráficos que acompanham a evolução deste vírus, com dados dos governos locais, do Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas da Universidade John Hopkins, da Comissão Nacional de Saúde da China e da Organização Mundial de Saúde.

A China, onde o surto teve origem, e que até há umas semanas tinha um grande volume de casos de contaminação do vírus, foi a primeira a consegui-lo, seguindo-se a Coreia do Sul.

Apesar da proximidade com a China, Singapura, Hong Kong e Taiwan conseguiram conter o número de casos confirmados através de uma ação vigilante e intervenção imediata. Contudo, os picos de contaminação recentes indicam que ainda estão em risco.

 

 

 

 

 

 

Em Itália, Espanha, Irão, França, Estados Unidos e Alemanha, os casos de coronavírus ainda estão a crescer de forma exponencial. Cada um destes países relatou mais de 4 mil novos casos na semana passada.

Países como a Suíça, o Reino Unido, a Holanda, a Áustria, a Bélgica e Noruega começaram por ter números mais reduzidos de casos de contaminação; contudo, na semana passada, cada um deles registou mais mil novos casos.

Como estão os outros? Os gráficos apresentados são ajustados à escala de cada país para tornar a curva mais legível, com dados do dia 18 de março. Portugal, para já, segue a tendência geral, de subida a pique.

Mais artigos...