ptzh-CNen

Porta das relações China-EUA "não pode ser fechada", diz novo embaixador da China.

O novo embaixador da China nos Estados Unidos, Qin Gang, disse na quarta-feira acreditar que "a porta das relações China-EUA, que já está aberta, não pode ser fechada".

"Esta é a tendência do mundo, o apelo dos tempos e a vontade do povo", disse Qin em seus comentários à mídia chinesa e norte-americana ao chegar aos Estados Unidos.

Cinquenta anos atrás, o Dr. Henry Kissinger fez uma visita secreta à China e abriu a porta para a normalização das relações China-EUA, disse Qin. "Foi durante a Guerra Fria; naquela época não havia praticamente nenhum contato entre os dois países. O Dr. Kissinger teve que viajar secretamente para a China através de um terceiro país."

"Cinquenta anos depois, como o 11º embaixador chinês nos Estados Unidos, posso viajar abertamente e voar diretamente para este país. Como o mundo mudou com o passar do tempo", disse Qin.

Ao longo do último meio século, as relações China-EUA continuaram avançando apesar das reviravoltas, assinalou Qin.

"Não só tiveram um impacto profundo nos dois países, mas também mudaram o curso da história e do mundo de forma significativa. O mundo hoje está passando por grandes mudanças não vistas em um século", disse ele.

Antes de servir como o embaixador, Qin atuou como vice-ministro das Relações Exteriores da China. Seu antecessor, o embaixador Cui Tiankai, completou seu mandato e retornou à China em 23 de junho.

Xinhua