ptzh-CNen

Investimento estrangeiro direto na China aumenta cerca de 40% entre janeiro e abril

A China continua a ser um destino popular para investimento estrangeiro direto (IED), registando um aumento substancial no período de janeiro a abril.

Segundo anunciou o Ministério do Comércio, na quinta-feira, o IED na parte continental da China aumentou 38,6% anualmente a uso real, chegando a 397,07 bilhões de yuans (US$ 61,45 bilhões) no período.

O volume aumentou 30,1% em relação ao mesmo período de 2019.

O investimento estrangeiro na indústria de serviços aumentou 46,8% anualmente, para 312,94 bilhões de yuans, com o investimento estrangeiro no setor de serviços de alta tecnologia a aumentar 34%.

De janeiro a abril, os investimentos da Associação das Nações do Sudeste Asiático cresceram 65,2% anualmente e os dos países ao longo do Cinturão e Rota e da União Europeia aumentaram 62,8% e 9,2%, respetivamente.

Os investimentos estrangeiros, atualmente usados pelas regiões no leste, centro e oeste da China, aumentaram 39,1%, 37,5% e 30,3%, respetivamente.

Os profissionais industriais atribuíram o ímpeto de crescimento sustentável no investimento estrangeiro à sólida base económica e consistentes medidas de abertura do país, mostrando a confiança dos investidores no desenvolvimento económico da China.

Eles sugeriram que a China deve abrir-se ainda mais e estabilizar o investimento estrangeiro, tendo em consideração as mudanças no ambiente externo.

XINHUA PORTUGUÊS