ptzh-CNen

FMI projeta que a economia da China cresça 8,1% em 2021, 5,7% em 2022.

A economia da China está projetada para crescer 8,1% em 2021 e 5,7% em 2022, disse o Fundo Monetário Internacional (FMI) na terça-feira.

A leitura de 2021 é revisada para baixo em 0,3 pontos percentuais em comparação com a previsão de abril do FMI sobre uma redução do investimento público e apoio fiscal geral, de acordo com o World Economic Outlook (WEO) de julho.

A segunda maior economia do mundo foi a única grande economia a navegar em território de crescimento positivo em 2020, registrando um crescimento anual do PIB de 2,3%. A China definiu sua taxa de crescimento do PIB em mais de 6% para 2021, à medida que sua recuperação econômica entra em aceleração total.

O relatório também apreciou os esforços implacáveis ​​do país na inoculação de vacinas, já que quase 75% dos três bilhões de doses administradas em todo o mundo estavam em economias avançadas e na China no final de junho.

A economia global, entretanto, deve subir 6 por cento em 2021 e 4,9 por cento em 2022, inalterado desde o WEO de abril de 2021, mas com revisões compensatórias.

O FMI revisou para baixo as perspectivas para os mercados emergentes e economias em desenvolvimento em 2021, com a Ásia emergente em particular, mas revisou para cima a previsão de crescimento para as economias avançadas, pois acredita que "essas revisões refletem desenvolvimentos pandêmicos e mudanças no apoio às políticas".

CGTN